202110.14
0

Aprimoramento dos serviços dos registros eletrônicos de imóveis

Visando à melhoria dos atendimentos de todos aqueles que dependem do registro imobiliário eletrônico, a Corregedoria Nacional de Justiça lançou no dia 21.09.21 o Serviço de Atendimento Eletrônico Compartilhado (SAEC), que irá conferir maior rapidez e segurança aos procedimentos administrativos vinculados a imóveis.

A plataforma é uma das etapas do projeto de implementação do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis (SREI), nova solução eletrônica que terá serviços como cadastro de imóveis, matrículas online, pesquisa de bens, certidões digitais, além de integração com a Central de Indisponibilidade de Bens – CNIB, a penhora online e o ofício eletrônico.

Atualmente os bens imóveis representam a maior parte de patrimônio dos países. Essa nova ferramenta trará progressões e a facilidade necessária na trajetória que o judiciário tem promovido para uma atuação ativa em prol da modernização e da eficácia das decisões judiciais.

Esse aperfeiçoamento impacta diretamente o desenvolvimento econômico, pois trará outras entregas ao setor imobiliário, que atualmente são os maiores utilizadores desse tipo de serviço, sendo indispensável para o fornecimento de indicadores e dados estatísticos sobre as operações dos registradores.

São cerca de 3,5 mil cartórios de registro de imóveis interligados, transformando trâmites que antes eram demorados e precisavam da presença física em serviços simples e automatizados, operados remotamente.

Dessa forma, o funcionamento desse novo serviço eletrônico de registro de imóveis é um resultado determinante para o processo de modernização do sistema imobiliário, permitindo a melhoria dos serviços da Justiça e contribuindo para que todos os usuários possam ter um acesso informatizado, rápido e eficiente.

Fonte: Jéssica Szalanski Novaes